Preferidos de 2016.

favoritethings2

Último post sobre 2016, prometo! Elegemos algumas coisas que consideramos as preferidas do ano que se passou dentre as categorias do blog.

Porque preferidas e não melhores? Porque são coisas que tivemos contato e que não necessariamente tenham sido lançadas em 2016. Além disso, não somos técnicos em nada, apenas relatamos nossas experiências, nossos sentimentos e nossas expectativas quando tivemos contato com livros, filmes, séries, gadgets e jogos.

Algumas categorias vão receber mais de uma indicação, então fiquem ligados no que aconteceu de mais legal no 2016 do Guloseimas!


Os três livros preferidos.

Difícil escolher apenas três livros num universo de 56,8 lidos em 2016! Poderia indicar uns 10 ou 15, mas não vamos trapacear o critério!  Meus favoritos foram (não necessariamente nesta ordem):

Se Douglas Adams fez uma Trilogia de 5 livros, porque eu não posso escolher 5 livros favoritos dentre três? Entenda se puder.

Mas existem outros que eu poderia citar, como: O Menino que Desenhava Monstros, O Salmão da Dúvida, Laranja Mecânica, O Guia do Mochileiro das Galáxias, Segunda Fundação, Harry Potter e O Enigma do Príncipe, 1984, A Revolução dos Bichos, Donnie Darko, A Menina Má, O Projeto Ascendant, O Homem do castelo Alto…

Vamos para a próxima categoria antes que eu cite todos os livros que li em 2016… Afff…

Todo mundo sabe que não chego nem aos pés do Tio Ádson quando o assunto é leitura desenfreada. Mas pensando um pouco nos poucos livros que li em 2016, aqui estão os meus indicados:

O último livro da trilogia de quatro livros do tio Eduardo Spohr foi arrebatador e você pode conferir um pequeno review que fizemos da série completa, lá nos primórdios do blog, bem aqui e aqui. Os demais títulos são (na minha humilde opinião) o suprassumo da nossa 💀 favorita – DarkSide Books!


Os dois games preferidos.

Vou citar dois boardgames, pois não tenho coordenação motora para videogames. Meus favoritos de 2016 nesta categoria foram:

hp_db_pr_web_0

Harry Potter: Hogwarts Battle, a cooperative deck-building game, da USAopolly.

Um jogo de cartas cujo cenário é Hogwarts sendo atacada pelas forças dos Comensais da Morte. Harry Potter, Ron Weasley, Hermione e Neville devem unir suas forças para não deixar que os vilões vençam, disparando magias contra os comensais da morte e suas artes das trevas, usando seus artefatos, magias e unindo-se a aliados como Hagrid, os membros da família Weasley e outros heróis da saga Harry Potter. Além de ser cooperativo (ou todos os jogadores ganham, ou todos perdem), ele é progressivo, pois vem 7 jogos dentro da caixa que representam cada ano de evolução dos alunos dentro da escola de magia. Isso quer dizer também que o jogo vai ficando mais difícil à medida que os heróis estão mais capacitados para enfrentar o mal. Um jogo de cartas/tabuleiro incrível e que super recomendo a quem tiver a oportunidade de adquirir.

img_0251-1

Essas cartinhas ainda vão ver muita mesa!

pic2760568

Village, da Eggertspiele lançado no Brasil pela Fire on Board.

Nesse jogo você administra seus familiares para que eles possam trabalhar em algum lugar da vila e conseguir prosperar e obter prestígio naquela sociedade. Um euro com a mecânica clássica de alocação de trabalhadores, porém com o diferencial de trazer os fatores doença e morte aos habitantes da vila. Aqueles que conseguiram prestígio são registrados nos livros das crônicas da aldeia após a morte, enquanto que os outros tornam-se indigentes e vão para as valas comuns mesmo. Um jogo sensacional, muito estratégico! Aquela família que obtiver mais pontos de vitória (prestígio) vence o jogo.

img_0252-1

Conhecimento, fé, habilidade e persuasão são as influências acumuladas e trocadas nesse jogo sensacional!

Tem que indicar só apenasmente dois jogos??? Vou indicar mais só porque não sou obrigado…

img_0376Pokémon – Trading Card Game, da Pokémon Company, distribuído no Brasil pela Copag.

Estou devendo um review urgente sobre esse jogo de cartas/online. Definitivamente foi meu vício de 2016 (@adsonamt que o diga 😂) e não sei o que me cativou mais: a simplicidade de jogo, quer dizer, é muito fácil aprender a jogar. Qualquer um consegue; O fato de usar um tema que amo desde pequeno; a possibilidade de colecionar as cartas físicas ❤️. Enfim, é um jogo de extremo sucesso em todo o mundo, que me provocou uma crise de pokemonzite aguda e logo pretendo falar mais sobre ele.

Este slideshow necessita de JavaScript.

ascension-1024x641Ascension, da StoneBlade, distribuído no Brasil pela Funbox (hoje Mandala).

Deckbuilding de sucesso. Adoro esse jogo pela bela arte das cartas e pela jogabilidade simples porém muito divertida. Já foi assunto do blog neste post! Devemos um post exclusivo para esse jogo também.

Este slideshow necessita de JavaScript.

pic8602177 Wonders, da Repos Production, distribuído pela Galápagos no Brasil.

É um set collection, o que é mais ou menos o oposto de deckbuilding (dá pra ver que não gostamos muito de jogos de cartas, né!😅). Simples e com alto nível de rejogabilidade. Sem mais para o momento para não estragar futuro post.

Administre uma de suas maravilhas, faça trocas comerciais e a proteja contra ataques das vizinhas!

img_0368

Se a mesa não for grande, fica assim tudo lindamente apertadinho!

euphoriaEuphoria

Nem preciso dizer muito, basta consultar nosso post sobre esse incrível (e belíssimo) jogo que te coloca na pele de um governante déspota e tirano. Clique aqui!

Administre seus trabalhadores, torture-os com água ou choque, infiltre-os para tomar e dominar o poder neste jogo de facções!

Este slideshow necessita de JavaScript.

P.S.: Sou bastante viciado em vídeo games sim senhor, mas meu único console da atualidade é o Nintendo 3DS e o único jogo realmente relevante que adquiri para ele em 2016 foi Pokémon Sun, que ainda não cheguei nem na metade. Mas como fã inveterado da série, é óbvio que esse jogo é super indicado. Meu PS3 tem muuuitos jogos que ainda não pude jogar, mas não farei indicações pois a maioria são jogos mais antigos e tá bem difícil conciliar jogos de tabuleiro, séries, filmes, livros e pokémon TCG… 😅😅😅


As duas série favoritas:

stranger-things

Stranger Things.

A atmosfera anos 80 e a temática me cativaram muito! Estou curioso para descobrir qual será o destino dos personagens! Não vou dar spoilers, mesmo sem acreditar que ainda exista algum leitor do blog que ainda não tenha visto essa série! Sério mesmo.

Se é que realmente e inacreditavelmente e impossivelmente exista alguém nesse mundo geek internético de Hari Seldon Ford meu Deus, segue esse link do Netflix pelamôr!

Já foi? Depois você lê o resto do post… Mentira, termina aqui primeiro!

O Homem do Castelo Alto.

maninhighcastleheader

Baseada no livro homônimo de Philip K. Dick, esse seriado da Amazon também deixa o cérebro retorcido. Apesar de não ter muito a ver com o livro, é possível reconhecer a essência de PKD no enredo desenvolvido no seriado. Mesmo assim eu ainda recomendo que o livro seja lido antes de ver a série.

Antes que eu me esqueça, a Amazon lançou seu serviço de streaming no Brasil e a série já pode ser vista dublada ou legendada em português. Basta seguir este link! Espero que eles disponibilizem a segunda temporada por aqui logo.

Stranger things.

stranger-things-banner

Foi uma das surpresas do ano, confira nossos comentários sobre essa série cheia de referências à cultura nerd bem aqui (clica, vai!!!).

House of Claire Cards.

House-of-cards-names-frank-underwood-claire

Sem muito o que comentar. Minha série de temática política (se não dentre todas) favorita! Kevin Spacey e Robin Wright formam o casal perfeito nessa trama cheia de intrigas e busca pelo poder absoluto. A temporada de 2016 foi arrebatadora e não espero menos da próxima!

How to get away with murder.

How-to-Get-Away-with-Murder-Season-1-ABC-Artwork-1200x1200

F-O-D-A P-R-A C-A-R-Á-L-E-O!!!

Apenas.


Os dois filmes favoritos.

Animais Fantásticos e Onde Habitam.

animaisfantasticos_5-750x380

É do universo Harry Potter? Então é bom. Dizem que o livro A Criança Amaldiçoada não é lá essas coisas, mas como ainda não li, não posso opinar.

Ainda está nos cinemas! Veja a programação do cinema de tua cidade e corre para ver a criação de seres fantásticos do bruxo Newt Scamander.

Contracorriente.

pelicula1

Um romance LGBT que ultrapassa as fronteiras da existência material. Mas não o escolhi por ser LGBT, pois o amor é universal, ou pelo menos deveria ser.

Já falamos sobre esse filme neste post, quando ele ainda estava no catálogo da Netflix.

  • @etiojunior: Não vou comentar sobre filmes pois vimos tão poucos que nenhum deles foi realmente impactante para minha pessoa.

O evento favorito.

cropped-img_7623.jpg

Nossa viagem para a Disney. Que você pode relembrar aqui, aqui, aqui e aqui.

Acessa os links, porque tem muitas dicas além de contar nossas experiências!

(@etiojunior suuuuper concorda!)


O gadget favorito.

Não é segredo para ninguém que meu gadget favorito DA VIDA é o Kindle. Mas como tenho contato com ele há algum tempo e desde antes de 2016, vou descrever um outro gadget que me deixou bastante fascinado pelo seu funcionamento.

Ainda não havia comentado aqui, mas eu coleciono lapiseiras técnicas. Sempre que tenho a oportunidade eu importo alguma para a minha coleção. Pena que aqui em Brasília seja dificil achar boas lapiseiras de marcas que não sejam Pentel ou Faber-Castell. Tem umas opções sensacionais pelo mundo, inclusive bem baratas quando comparado com o que encontramos por aqui.

671786b0-bdd5-4cba-8016-ca728a43f992-1

Dentre as lapiseiras que acrescentei à minha coleção no último ano, a que me surpreendeu foi a Zebra Delguard Type-LX (a única azulzinha da foto acima). Ela conta com um mecanismo que evita, ou melhor, quase impede a quebra do grafite. Desde que a pessoa não use um grafite de má qualidade e nem avance a ponta além de 3 ou 4 cliques, ela irá fazer de tudo para que ele não quebre. Funciona tanto para quem força a escrita na vertical como de maneira inclinada. Li por aí que ela suporta até 5kg de força… Não sei se eu coloquei toda essa força, mas posso dizer que ela cumpre bem o prometido.

Ela possui um mecanismo formado por um conjunto de molas e borrachas que faz esse trabalho de “amortecimento” e é muito interessante perceber que pode haver muita ciência em um instrumento pequenininho e que não costumamos prestar atenção em seu funcionamento. Esses japoneses! Mal notamos seus movimentos!

Veja o mecanismo da danadinha em funcionamento neste vídeo elucidativo…

  • @etiojunior: 2016 não foi um ano de gadgets novos e relevantes pra mim… Nada a declarar… 😭😭😭😭

É isso pessoal! Esses foram nossos favoritos, prediletos, preferidos, eleitos… como quiserem chamar, de 2016!

No próximo post falaremos sobre planos para 2017! Aguardem!

Um grande abraço dos tios.

Anúncios

Sobre adsonamt

Advogado, servidor público, leitor inveterado, decidi criar esse blog para curtir um período sabático escrevendo sobre o que gosto de fazer. Minhas paixões: livros, chás, gatos, comida boa, música, board games e seriados (não necessariamente nesta ordem, depende da vibe do momento).

4 pensamentos sobre “Preferidos de 2016.

  1. Ótimas indicações de livros, parece que O Condenado é realmente bom.
    Sobre as séries eu devo confessar que quando li o post de vocês sobre Stranger Things eu saí correndo para assistir e só consegui parar quando vi tudo. E junto com House of Card e Sherlock, é uma das minhas preferidas.
    E uma pergunta ao Adson: o que seria “coordenação motora para videogames”? E como alguém pode não tê-la?
    Mandaram muito bem.
    Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

    • Sim! Os condenados é um livro muito bom! Gosto de leituras que envolvam coisas sobrenaturais, espirituais e que geram um desconforto. Vale muito a pena a leitura! Respondendo sua pergunta sobre videogame: eu realmente não sei lidar! Talvez seja porque não fui “treinado” quando criança, pois meus pais não quiseram/puderam me dar um videogame. Então eu me confundo muito com aquele monte de botões. Mas alguns jogos eu consegui jogar como God of War, que é excepcional! Confesso que preciso jogar o último jogo da franquia que adquirimos, talvez ele entre nos melhores de 2017. Vamos ver!

      Curtir

  2. Pingback: O Homem do Castelo Alto, no Amazon Prime. | Guloseimas Nerds

  3. Pingback: Androides sonham com ovelhas elétricas?, de Philip K. Dick. | Guloseimas Nerds

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s