GN na Disney (Parte 2)! Quem pegou meu Pokémon?🤓

sacola

Hoje vamos falar de compras! Venha descobrir como foram os dois dias seguintes de nossa viagem, leia este post e não perca as dicas.

Dia 3/10 estava programado para ser um dia de compras em nosso roteiro. E assim foi. Fomos conhecer o downtown (centro da cidade) de Orlando e visitar algumas lojas de rua.

Primeira dica: inclua no roteiro e salve no mapa (aquele offline do Google Maps) o local de hospedagem e as lojas ou locais de interesse. É possível inclusive usar a logomarca da loja para facilitar a vida. Se você estiver com internet em mãos, melhor ainda, mas como já dissemos no post anterior, é algo prescindível, pois em todos os shoppings e lojas tem wifi. Assim ó (põe reparo):

sem-titulo

Isso facilita demais a vida de um forasteiro!

Segunda dica: separe as moedinhas dos pedágios! “- Separe de todas as cores, valores e tamanhos… Acredite! Uma hora você vai precisar delas!!!😡 Óia o Tio Júnior invadindo aqui novamente… 😝”

Então, dia 3/10 foi dia de procurarmos coisinhas legais em lojas nerds, livrarias, lojas de eletrônicos, lojas de brinquedos… E visitar uma parte do centro de Orlando.

Foi interessante ir ao centro da cidade e ver onde as pessoas vivem e trabalham. O bairro que conhecemos parecia ser de classe média/média-baixa para os padrões deles. Foi bom ver que aqueles cenários de filmes e seriados em que as casas não têm muros existem. Isso nos passou uma sensação de que as pessoas vivem em segurança, mas não entrevistamos ninguém para saber se esse sentimento se concretiza.

As lojas visitadas foram (não lembro mais a ordem das lojas visitadas):

Ross – Dress for less: loja multimarca de roupas e calçados a preço baixo (muitas vezes mais em conta que nos outlets). Nesta loja é bom chegar cedo, antes que revirem todas as araras e gôndolas. E importante: medite para treinar a paciência, pois a depender do tamanho da loja, as araras são quilométricas. “- Não é exagero pessoas… Põe reparo na imagem exemplificativa e dramática abaixo de uma das lojas Ross:”

ross

É aquele tipo de loja que demanda tempo e, como não estávamos muito dispostos, demos uma olhadinha de leve e partimos para outro lugar. Mas é possível, minerando, achar peças de marcas como Levi’s, Armani, Calvin Klein, além de perfumes (geralmente em kits), relógios, bolsas… E não só vestuário, algumas lojas vendem artigos para casa, pets e malas. Existem outras lojas com essa mesma proposta, como a Marshalls, TJ Maxx e Burlington, mas a visita na Ross foi o suficiente. Não era nosso foco desta vez.

Nas proximidades tem duas papelarias “- Nas proximidades daquela Ross em específico que fomos, Ádson! Explica os trem direito sô!😆 -“, a Office Depot e a Staples. São excelentes para adquirir materiais de escritório em geral, desde lápis a equipamentos de informática. Claro que isso vale para coisas específicas, em que a marca é importante, como lapiseiras, móveis para escritório, impressoras, calculadoras científicas… Mas aquelas coisas mais simples como post-its, canetas comuns, lápis comuns, em que a qualidade ou status da marca não importam, tem a Dollar Tree, que vende tudo a um dólar.

img_3671

Ainda na mesma região, tem a livraria Barnes & Noble. Um nerd que se preze deve reservar um bom tempo para ela, principalmente se gosta de livros, música, colecionáveis e um bom café. A B&N foi, sem dúvidas, o nosso passeio favorito dos dias de compras. Tudo bem que achei os preços dos livros caros de uma maneira geral. Mas existem ótimas promoções, principalmente para os pockets. Quem lê em inglês pode fazer a festa. “- A seção de quadrinhos e mangás é um sonho a parte…😍”Além do mais, a loja é linda! A parte de CDs e DVDs não tem muita variedade, até porque estamos na era do streaming. O que nos fez A-M-A-R a B&N foi a parte de colecionáveis, jogos de cartas e de tabuleiro. É possível encontrar ótimos jogos com descontos que vão de 10 a 25%. Lógico que aproveitamos e trouxemos uma das melhores compras que fizemos lá: o Ticket-to-Ride Europe, o boardgame que em breve ganhará um review aqui no blog “- Se o deus da preguiça e das séries atrasadas me ajudarem!!!😴”. Existem várias dessas espalhadas pela cidade, todas possuem um café Starbucks e wi-fi grátis.

E é bom comprar logo o que viu em conta e for do interesse para não perder o produto, pois esse tipo de coisa geralmente não tem em grandes quantidades nas lojas. O @etiojunior se interessou (na verdade ele só não pediu na Amazon porque estava achando caro, e quando ele viu na B&N por 20 Obamas mais em conta, ficou alucicrazy) por um box especial de Pokemon TCG (Pokémon TCG: Super Premium Collection Box – Mew and Mewtwo), mas, por minha influência, resolvemos dar uma voltinha na redondeza para visitar as papelarias de que já falei e, ao voltarmos para a B&N “- Apenas duas fucking horas depois😫…”, alguém o tinha reservado e iria buscar depois (pense numa pessoa que ficou deprê! “- Eu mesmo!😭”). Isso nos fez meio que iniciar uma incrível saga em busca de Mew e Mewtwo. Tem também a Books-a-Million (BAM), que concorre com a B&N, mas fomos impedidos por Matthew de ir lá para ver de qual é.

super-premium-collection-mew-mewtwo-169
“- Look at all this!!! Beautiful!!!😍”

Para tentar encontrar os Pokémons (afffff…) do viciado @etiojunior, fomos em outras lojinhas nerds, como a Hudson’s Video Games, a Heroes, e outras que não tínhamos incluído no mapa, mas que achamos na rua (ou recebemos indicações), entramos e não me recordo o nome delas. Talvez ele tenha guardado algum cartão e dirá algo a respeito disso aqui, quando ele resolver invadir o MEU post. “- Já tá mais do que invadido, meu bem… Tá dominado!!! E se reclamar ainda escrevo por cima!!!😎kkkkkkkk…”

“- Pausa dramática na escrita malemolente do Tio Ádson para um breve parêntesis… Não pense que você vai encontrar tudo o que você mais almeja nos EUA apenas por lá ser os EUA. Contente-se em visitar as lojas que você se programou e não encontrar nada do que deseja, o que te leva a uma incansável busca por outras lojas ou compras on-line. Mas esse tipo de situação também pode render ótimos passeios e descobrir lojas como Hudson’s Video Games e a Heroes, que ficam mais para o centro urbano de Orlando e oferecem um catálogo incrível de video games e jogos clássicos (tipo de Atari e outros fósseis). Muitos até lacrados e nas embalagens originais. Verdadeiras relíquias… 😎”

Concordo, e acrescento que elas lembram a loja do Stuart do Big Bang Theory!!! Principalmente a parte de Comics.

Ah, fomos também na Toys R Us caçar o TCG, mas serviu apenas para descobrirmos que é tudo bem mais caro, além de ser uma loja mais voltada para o público infantil (com exceção dos jogos para videogame). Esta loja deve ser vantajosa apenas em épocas de promoções.

Passamos também pela Best Buy, a famosa loja de eletrônicos e acessórios, que é parada obrigatória de todo o turista nerd (ou consumista) em Orlando, apesar de que os hipermercados não deixam a desejar na oferta desse tipo de produto. Mas a facilidade do atendimento da Best Buy (algo que foi meio capenga desta vez) e o fato de poder achar tudo em um lugar só torna tudo mais prático, e tem mais: se não tem na Best Buy o que você procura, pode saber que vai ser muito difícil encontrar em outro lugar.

Por fim, passamos pelo Pet Shop Petco para comprar o presente do gatíneo que alegra nossas vidas. Ele nem ligou muito, mas a gente entende que ele prefere as sacolas, caixas e etiquetas.

E algo que eu já ia esquecendo, que serve tanto para comprar algo muito específico ou para aquelas gloriosas encomendas: Amazon! Para não perder tempo caçando coisas difíceis de achar ou aquelas coisas que “ozamigo” ou “osparentetudo” pedem e que podem te fazer desviar a rota, a Amazon.com está aí para te salvar! Basta fazer o pedido no dia anterior ao da viagem ou logo nos primeiros dois dias e mandar entregar no local da hospedagem (é fácil criar uma conta americana, desde que você tenha um cartão de crédito internacional e um endereço nos EUA, que pode ser o do hotel mesmo). Mas antes, verifique junto ao hotel se eles recebem encomendas e se cobram por isso (a maioria cobra, mas vale a pena). “- Dica de mestre das compras do Tio Júnior: Um dia antes da viagem cadastre-se no programa Amazon Prime, no site da Amazon. Com isso você vai poder aproveitar todas as suas compras com um incrível frete grátis e que entrega em apenas 2 dias (chuuuuupa Correios)!!! O cadastro é grátis e você pode aproveitar todos os benefícios da Amazon Prime por 30 dias. Depois, é só lembrar de cancelar a assinatura antes dos 30 dias acabarem para não ser cobrado em 99 obamas por ano! A-C-R-E-D-I-T-E! Vale super a pena!!!🤑”

Encerramos o dia no nosso restaurante de shopping favorito: o Cheesecake Factory, no Mall at Millenia. Valeu a pena porque nos serviram a mais por engano um prato que era para outra mesa. Ficou de brinde. Comemos até as tampas, pois as porções costumam ser muito grandes (e são vendidas como individuais). Por isso, ao ir neste lugar, peça um prato para dividir, peça outro se ainda sentir fome ou coma a torta que dá nome ao restaurante. Deixamos para voltar para comer a sobremesa noutro dia, mas Matthew não deixou.

premium-outlets-1440x960.jpg

O dia 4/10 estava reservado para o parque Island of Adventures, da Universal, mas houve um fator impeditivo. Não! Não foi Matthew! Mas foi quase um Matthew😂. Quem apareceu foi o piriri. Então resolvemos ir para o Outlet (Vineland), que fica no outro lado da rodovia próxima ao hotel. Qualquer coisa era só pegar o carro e voltar “pra casa”. Mas nossas preces foram atendidas e foi apenas um alarme falso. Deu pra curtir bastante o dia de compras.

Só que antes de ir ao Outlet arriscamos ir ao Flórida Mall para caçar a porra do o TCG do @etiojunior e ir na loja da Disney, que não tem no Outlet da Vineland, para comprar uma lembrancinha. Por fim, achamos o tal do Mew/Mewtwo numa loja sensacional chamada ThinkGeek, que deve ser parada obrigatória de todo nerd que se preze. “- Voltaremos a ela… Sem dúvidas!!!🤓”

IMG_3688.jpgNem vou falar que a cada vez que íamos ou no Flórida Mall ou no Mall at Millenia, peregrinamos na loja da Apple. Não compramos nada, mas é algo de fé.

Dicas de Outlet (algumas valem para os shoppings também, principalmente para o Flórida Mall que é enorme):

  • Pegue o mapa do Outlet e escolha as lojas preferidas para fazer uma rota lógica e não ficar que nem barata tonta no lugar.
  • Tenha foco e lembre que existem outras lojas que querem seu valioso dinheirinho. Então não gaste tudo numa loja só.
  • Vai comprar muita coisa? Então descole uma mala e coloque as compras nela ao sair das lojas. É mico? Não! É um King Kong, mas é necessário em razão da próxima dica.
  • Não deixe as compras nos carros, pois há episódios de furtos.
  • Se você já conhece o esquema dos Outlets, pegue o mapa e vai só nas lojas favoritas. Isso te faz gastar menos tempo, o que te permite aproveitar outros lugares.
  • Experimente pouco, compre muito. Escolha uma peça de cada tamanho que quer experimentar por loja. Não precisa vestir tudo.
  • Existem outros Outlets e centros comerciais menores que valem a pena ser visitados. Nem vou mais dizer porque não fomos em outro, como o Outlet Marketplace ou o Pointe Orlando. E nem porque não voltamos no da International Drive.🌪🌪🌪

E o mais importante de tudo: os gloriosos CUPONS DE DESCONTO! Eles funcionam da seguinte forma: nos Outlets, além do desconto já aplicado nos produtos, o cupom te dá direito a mais descontos ou em produtos específicos ou no valor total da compra. Ou seja, é desconto em cima de desconto. Nos shoppings, é possível obter descontos apenas mostrando o passaporte, como ocorre na Macy’s, por exemplo, ou se cadastrando no site de suas lojas/marcas favoritas e ficar de olho no email.

Antes de viajar é interessante entrar nos sites dos outlets e fazer um cadastro para ser VIP. Quem é VIP não paga pelo catálogo com cupons extras no balcão de informações dos Outlets (que custa 5 dinheiros), basta apresentar o cupom disponível no site do Outlet no balcão (pode imprimir ou mostrar na tela do celular mesmo, os americanos detestam burocracias inúteis) e pegar seus livreto. Muitas vezes, os cupons das marcas são mais interessantes que os do livreto, então é bom ficar atento.

Resumindo:

  • Se possível, já leva um monte de cupons impressos do Brasil mesmo, ou guarde um bocado deles com carinho no celular.
  • Como arranjar os cupons?
    • Por meio do cadastro no site das marcas e lojas;
    • Sendo VIP nos Outlets;
    • Preenchendo formulários distribuídos no interior da loja.
    • Isso vale também para supermercados (Target tem esquema de cupons), lojas de eletônicos (Best Buy, por exemplo), e lojas de shopping;
    • Dando uma googlada.

Encerramos o dia de compras no Five Guys, uma hamburgueria muito boa e com preço razoável, já que os ingredientes são todos frescos (inclusive a carne). Vale a pena experimentar, pois o sanduíche é bem feito (o cliente escolhe o tamanho e quantos ingredientes quiser colocar dentro do pão), a bebida (refri, suco e chá) é refil, tem amendoim torrado grátis, e o cliente pode pedir o milkshake com o que ele quiser (inclusive bacon!).

Não, não estou esquecendo da Macy’s, ela será assunto do último post.

Encerro a segunda parte por aqui. No próximo post falaremos sobre o melhor e o pior de nossa aventura. Fiquem ligados!

Anúncios

5 comentários em “GN na Disney (Parte 2)! Quem pegou meu Pokémon?🤓

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s