Androides sonham com ovelhas elétricas?, de Philip K. Dick.

Olá leitores! Finalmente consegui terminar a minha primeira leitura importante de 2017! Já vi que este ano vai ser bem complicado manter o ritmo de 2016. Os tios estão cheios de coisas para ver no Netflix, de jogos de tabuleiro para jogar… O bom é que vamos falar sobre isso tudo por aqui também! Então…

Leituras de Novembro e Dezembro.

Para encerrar 2016 com chave de ouro, pelo menos no quesito leitura, já que money que é good nóis num have, vamos relacionar aqui as leituras de novembro e dezembro! Foram meses de poucas leituras, por isso resolvi juntar tudo num post só. Depois escreverei um post dando uma geral sobre o ano de 2016 para…

[Maratona 💀] Warriors – Os Selvagens da Noite, de Sol Yurick.[S03E01]

Olá pessoal! O assunto de hoje é a violência, aquela gratuita e, a depender do ponto de vista, até compreensível, porém não justificável. Antes de tudo o mais, aviso aos mochileiros desta galáxia que pode ser que alguns palavrões povoem este texto, mas faz parte do universo da obra, ok? Não se ofendam! Falo da obra…

[Pura sedução] + [Maratona 💀]: Menina Má, de William March.

Hoje encerramos a primeira temporada da Maratona 💀. Aaaaahhhhh! Mas porque? Porque a vida não é feita apenas de caveirinhas kiridinhos! Tenho outros livros tão interessantes quanto para ler e não vou deixá-los no calabouço. Ao menos vamos encerrar esta temporada em grande estilo, com mais um Papparazo by GN ensaio sedutivo sensual. Logo chega a segunda…

[Maratona 💀] Hellraiser: renascido do inferno, de Clive Barker.

Muita gente esperou este livro por 30 anos, principalmente aqueles que, como eu, são analfaburros em não sabem muito Inglês. Com a diferença que eu não esperei porque não conhecia a obra de Clive Barker… Hahaha! Como assim, tio, não conhecia o cabeça de prego? Não sou obrigado! O segundo livro da Maratona 💀 é o…

1984, de George Orwell.

Quem controla o passado, controla o futuro; quem controla o presente, controla o passado. Ah, queridos colegas nerds! O tio aqui não consegue se livrar das distopias. Elas me dominam, me aprisionam e me torturam, mas eu as amo! E a leitura que dessa vez merece uma resenha aqui no glorioso GN é 1984, de…

Leituras de Maio.

Terminamos mais um mês produtivo em termos de leitura e cumprindo a meta de pelo menos um livro por semana até completarmos 30 livros. Depois haverá um incremento da meta, mas não sei ainda de quanto será. Talvez mais uns 11 livros até o fim de 2016. Segue a lista dos 5 livros lidos em…

O Homem Duplicado, de José Saramago.

SINOPSE: O professor de história Tertuliano Máximo Afonso descobre, certo dia, que é um homem duplicado. Ao assistir a um vídeo, ele se reconhece em outro corpo, idêntico ao dele próprio: um dos atores do filme é seu sósia. Os desdobramentos dessa história são imprevisíveis. Mas o novo romance de José Saramago, esclareça-se logo, não…

Laranja Mecânica, de Anthony Burgess

Mais uma distopia starre e horroshow lida por esse tio que vos escreve! (Ainda farei um post sobre distopias! Mas vai ser mais pro fim do ano!) Como eu disse no post do Admirável Mundo Novo, resolvi não privar os prováveis leitores deste glorioso blog dos livros clássicos mais aclamados pela maioria dos leitores e…

Coleção Douglas Adams (Guia do Mochileiro das Glaláxias)

PRE-PA-RA que lá vem textão!!! Douglas Adams é sem dúvidas um dos maiores expoentes da ficção científica e o seu diferencial é carregar a narrativa com bastante humor. Mas não é qualquer humor: é o humor pessimista, irônico, irreverente, daquele que ri da própria desgraça, subverte lógica e padrões e faz relações absurdas entre fatos…

Fahrenheit 451, de Ray Bradbury.

Fahrenheit 451 é um clássico da ficção científica, editado pela primeira vez em 1953, cujo título faz alusão à temperatura que o papel atinge quando queima. Ray Bardbury relata a história de Guy Montag, um bombeiro americano de alguma época futura. No lugar e no tempo retratado pelo autor, os bombeiros não apagam incêndios, mas…