[GN]#9: Pequenas caixas, grandes jogos – Fungi

Novo episódio da série “Pequenas caixas, grandes jogos”, e o tópico de hoje será o jogo Fungi, trazido pela Papergames e criado por Brant Povis. Um jogo para duas pessoas do estilo coleção de cartas (set collection) com uma belíssima arte e um tema culinário que se não te deixar com fome após o jogo…

Estamos no YouTube! Top 5 jogos da nossa coleção.

Calma!!! Sei que nossos 2 fãs estão ansiosos para que nós tenhamos um canal no Youtube, mas não foi dessa vez! Recentemente fomos desafiados pelo Tiago, do Canal BGG II (Boardgame Guará 2), a revelarmos nossos 5 melhores jogos de tabuleiro da nossa coleção. Definitivamente não é algo fácil de se decidir! Por isso escolhemos…

Mombasa, jogo de tabuleiro, de Alexander Pfister.

Agora a coisa ficou séria!!! Considerado por muitos o melhor jogo do Pfister, Mombasa chegou às prateleiras tupiniquins relativamente rápido depois de lançado na gringa (menos de dois anos). “Graças ao deus dos jogos!!! – tio Júnior na área”… Ok, eu sei que já disse que muitos jogadores têm predileção por um dentre os jogos…

Broom Service, jogo de tabuleiro, de Alexander Pfister.

Esse é o queridinho de muita gente! Ele é a reimplementação do Witch’s Brew, do Andreas Pelikan, que recebeu um tapinha do Pfister e foi relançado com o nome de Broom Service. Em um reino fantástico, onde habitam seres que consomem poções feitas com ervas, raízes ou frutas, bruxas, druidas, coletores e fadas trabalham duro…

Isle of Skye: de líder a rei, jogo de tabuleiro de Alexander Pfister.

Esse foi o primeiro jogo do autor a entrar para a minha (“NOSSA”😡) coleção. E o primeiro Pfister é igual ao primeiro sutiã 👙, a gente nunca esquece! Ele me despertou o interesse por ter vencido o prêmio Spiel des Jahres em 2016, na categoria Kennerspiel. Em Isle of Skye, até cinco clãs escoceses estão…

Oh my Goods!, cardgame de Alexander Pfister.

Este é simplesmente incrível! A Europa Medieval tinha como uma de suas bases produtivas a produção de bens. Mas essa produção era artesanal, na qual o produtor cuidava de todas as etapas dessa produção. Em Oh my Goods! os jogadores assumem o papel de produtores de bens como carvão, ferro, vidro, tecido, couro… e deve…

Port Royal, card game de Alexander Pfister.

Em Port Royal, os jogadores assumem o papel de comerciantes na Jamaica, Mar do Caribe. No entanto, não se pode correr muitos riscos nessa negociação, pois é importante ganhar dinheiro para garantir favores dos governadores e almirantes, contar com a ajuda das “senhoritas”, contratar pessoas  (marinheiros, piratas, ladinos, comerciantes) para incrementar os negócios e também…

🎲Especial Alexander Pfister, boardgame designer.🎲

Mudando um pouco a temática, vamos conversar um pouco sobre 🎲jogos de tabuleiro🎲, um hobby que está voltando com tudo e que tem conquistado muita gente. E, para falar de jogo bom, tenho que falar de um designer 👨‍🎨 que, apesar de ter lançado seu primeiro jogo relativamente há pouco tempo e de não ter…