GN na Disney (Parte 3)! Depois da tempestade vem a bonança, ou seria o contrário?

Continuando nossa aventura por Orlando, chegamos ao dia 5/10. Neste dia a previsão do roteiro era de ir às compras, mas em razão do piriri tivemos que modificar os planos para o dia 4/10, como relatamos no post anterior. Então foi feita uma troca e este dia foi dedicado ao parque Island of Adventure da Universal.

“- Nota para o duplo queixo duplo!!!!😂😂😂😂 Tio Júnior na área, bitch!!!”

Melhor coisa que fizemos foi essa troca. Fez um dia lindo e foi possível aproveitar bastante este parque. Nós nos esbaldamos! Ao contrário do que aconteceu da vez anterior, em 2014, quando deixamos este parque por último, pois não sabíamos dos brinquedos que molham. Além disso, naquela ocasião em 2014, o simulador do Harry Potter travou com a gente. Ficamos presos mais de uma hora dentro da atração. Foi horrível! Mas desta vez foi tudo maravilhindo. “- Tá bom… Foi horrível mesmo ficar preso dentro do simulador do Harry maconheiro. Mas a coisa boa foi ter visto os bastidores do brinquedo, luzes acesas e todas as máquinas expostas! Pouca gente terá essa oportunidade… hehehehehe”

Well (desculpe se estou quase fluente no English), se a pessoa consegue ver algo bom em ficar travado, de ladinho, a três metros do chão, sem poder fazer movimentos além de balançar as pernas, cruzar os braços ou gritar desesperadamente, um psicólogo precisa ser consultado.

O Island of Adventure é um playground que tomou muito, mas muito Whey Protein. Muito mesmo. Não há definição melhor. Ele é dividido em seis setores: The Wizarding World of Harry Potter – Hogsmeade, Marvel Super Hero Island, Toon Lagoon, Jurassic Park River Adventure, The Lost Continent e Seuss Landing “- Esse último o mais bobinho e irrelevante de todos.”.

Ao chegarmos no parque descobrimos que o simulador Harry Potter and the Forbidden Journey que quebrou conosco da vez anterior iria demorar a abrir. Ficamos com medo de ele não funcionar nesse dia e, mais uma vez, não curtir a atração. Então fomos andar pelo parque, ir em outros brinquedos e, enquanto isso, ficar monitorando pelo app se a atração estava aberta.

Por fim ela abriu, bastante atrasada, e corremos para lá. A fila estava andando bem e não demoramos para confirmar que esse simulador teria sido a melhor atração de todas quando fomos em 2014 caso ele não tivesse quebrado. É sensacional! “- Verdadeiro espetáculo. Não se deixe dominar pelo medo do desconhecido da atração. Vá e divirta-se!!!😁”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além de tudo, a área de Harry Potter, como um todo, é perfeita. É a reprodução fiel do que se lê nos livros e se assiste nos filmes. Passamos em Olivaras e compramos nossas varinhas para interagir com os cenários. Eu escolhi a do meu crush personagem favorito, que é o Ron Weasley. Já o @etiojunior, que nem é convencido, escolheu a do Dumbledore, mais conhecida como a varinha das varinhas. “- Mas é claro! Se eu vou comprar um trem tem que ser o mais foda de todos os trem!!!😎😎😎”

Andamos na montanha russa Flight of the Hippogriff, que é bem bobinha, tranquilinha, mas mesmo assim eu fico com medo! Kkkkkkkk. “- Montanha russa de criancinha gente, só vale pelo Hippogriff que fica deitado no meio do caminho caso você consiga tirar uma foto…kkkkkkkkkkk”

Bebemos a cerveja amanteigada, que é muito gostosa e o suco de abóbora que não é tão gostoso assim! “- Bigodinho de chantilly da cerveja amanteigada.”

Ah! Lembra da dica da mochila pequena? Pois é. Os parques da Universal possuem algumas atrações em que não é permitido entrar portando itens soltos, como bolsas, sacolas, mochilas… Para isso eles disponibilizam uns armários para guardar os pertences. Os compartimentos cabem bastante coisa, mas não são muito grandes. Para usar, é preciso cadastrar a digital de seu 👆🏼 dedin, o sistema mostra o número do compartimento, a pessoa joga as coisas dentro, fecha a porta, aperta um botão “- e sai correndo desesperadamente em direção ao brinquedo para não ficar muito mais atrás na fila!!!”

Nessas atrações em que é obrigatório guardar os pertences, os armários são gratuitos por um tempo (geralmente de 45 minutos a uma hora). Passado esse tempo, ele só é liberado mediante pagamento. As máquinas aceitam tanto dinheiro como cartão de crédito. Portanto, deixe o cartão ou dinheiro (cédulas secas e em boas condições, pois a máquina pode rejeitar) no bolso, caso a fila demore mais que o previsto.

Algumas atrações disponibilizam os armários de maneira optativa. “- É aquele optativa do tipo: ou você guarda; ou você deixa com alguém que não vai no brinquedo; ou você estraga todas as suas coisas encharcadas d’agua!!!😂” Nesses casos, não há período gratuito. São sempre pagos.

As atrações destaque desse parque são TODAS!:

  • Simulador Harry Potter and the Forbidden Journey;
  • Montanha russa dupla Dragon Challenge, também na área do Harry Potter, que possui dois dragões: o azul e o vermelho, cada um faz um percurso diferente. Quem pode dizer mais sobre ela é o @etiojunior. “- Fui uma vez em cada dragão e só digo uma coisa: Não digo é nada. E ainda digo mais: Só digo isso!!!! Vá e seja feliz!!! Repara nela…”

    Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Simulador The Amazing Adventures of Spider-Man: os simuladores são sempre um espetáculo. Não tem como não gostar. Esse do Homem Aranha é um dos melhores!
  • The Incredible Hulk Coaster: mais uma vez essa fica por conta do @etiojunior. Não tive coragem de ir nessa também. “- Quase desmaiei duas vezes durante o percurso da montanha russa. Valeu super a pena. 😁😁😁”

    20160623-_dsc7782-1024x683
    Olha pra isso!!!😱
  • Skull Island – Reign of Kong: O mais novo simulador que acabou de ser inaugurado no Island of Adventure. É uma pequena viagem ao mundo do King Kong. Muito foda!!!

    Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Dudley Do-Right’s Ripsaw Falls: atração molhadinha! Uma delícia para o calor que estava fazendo! E, pra mim, uma descida rápida em um barco é o máximo de emoção que eu suporto. “- A montanha russa da múmia te desmente, @adsonamt!!!kkkk”
  • Popeye & Bluto’s Bilge-Rat Barges: é uma corredeira artificial em que as pessoas entram num bote e ficam com a carteira, sapatos, bermuda, camiseta, “- cuecas, espíritos” encharcados… Kkkkk. Demos adeus à cópia do passaporte e tivemos que colocar dinheiro para secar quando chegamos ao hotel. Pergunta se fiquei com qualquer pesar…
  • Jurassic Park River Adventure: mais uma atração que molha. Mais uma queda em “cachoeira”, mais uma saída eufórica do brinquedo.jurassic-park-river-adventure-universal-islands-of-adventure-859-oi
  • The Mystic Fountain: uma fonte que interage, conversa e joga água em você. Kkkk. Muito legal! “- Cuidado pra não ficar de boca aberta, se não ela cospe água dentro da tua boca… A fonte tem uma alma meio sacana, sabe!😂”

img_3802

Depois que acabamos as atrações do Island pegamos o trem na Estação de Hogsmeade para ir para o Universal Studios e aproveitar o outro simulador do Harry Potter (Gringotts). Valeu a pena. Se o simulador do Island é bom, o Gringots é melhor ainda. Na verdade ele é um misto de simulador e montanha russa indoor. SEN-SA-CIO-NAL!

bb-hogsmeade-station_tcm13-44995
O “trenzinho” do HP que te leva de uma parque ao outro no Complexo Universal Studios.

Ficamos tão eufóricos neste parque que nem lembramos de tirar mais fotos!

Encerramos o dia no Hard Rock Café, com um jantar bem gostoso e ainda um pouco molhados. Uma coisa que devo registrar também é que os souvenirs da Universal são mais caros que os da Disney… Chato isso…

Depois disso, fomos para o hotel. E então não tivemos mais sossego por conta do furacão Matthew. Precisamos sair para comprar água, snacks e alguma comida para caso de emergência. Mas não tinha mais água nos supermercados, nem na farmácia, nem na Dollar Tree. Compramos o que foi possível: água saborizada e sucos. Por sorte ainda tinha snacks. Tentamos abastecer o carro, mas não tinha mais gasolina nos postos.

161005095539-matthew-skull-1-large-169

E aí vai mais uma dica: ANTES de viajar. No planejamento, tente descobrir se a época do ano é típica desse tipo de fenômeno natural que pode arruinar sua viagem. Na maioria das vezes os furacões perdem força e viram uma tempestade tropical, mas às vezes aparece um Sandy “- sem Júnior” ou um Matthew da vida…

A partir de então começamos e entrar na onda de pânico estimulado pelos noticiários. Matthew estava chegando com muita força na Flórida e com um comportamento completamente atípico e imprevisível. Ele poderia tocar o solo a qualquer momento e fazer um estrago na região.

No dia 6/10 iríamos para o Magic Kingdom. mas resolvemos ficar no hotel. Saímos apenas para abastecer o carro. Neste dia os parques fecharam mais cedo e a festa de halloween do Magic Kingdom (Mickey’s Not-So-Scary Halloween Party), que já tínhamos o ingresso, foi cancelada. “- A Disney é tão linda que o reembolso do valor dos ingressos foi rápido e tudo feito on-line, por meio de e-mails. Igualzinho as empresas aqui no Brasil… Só que não.😒”

Considerando o tempo, esse dia foi totalmente diferente dos outros, o céu ficou o dia todo nublado e chovia intermitentemente. Matthew estava cada vez mais perto.

Não dormirmos a noite. Ficamos com a TV ligada o tempo inteiro acompanhando as notícias, o que alimentou mais nosso medo. Não fosse um remedinho que levamos, acho que eu teria passado muito mal ou infartado. Ao longo da noite, o furacão perdeu uma categoria (de 4 para 3) e se afastou da costa, o que já nos deixou um pouco mais tranquilos.

Dia 7/10 foi o dia que Orlando sofreu os efeitos do furacão e, por isso, nenhum parque abriu. Até porque NADA abriu. Até vigorou o glorioso toque de recolher. O que vimos foram chuvas fortes que revezavam com chuvas fracas e momentos sem chuva e rajadas de vento muito forte. Como ele se afastou da costa, pegamos apenas as bordas do Matthew. Esse dia seria o dia do passeio no parque Universal Studios e sua festa de halloween (Halloween Horror Nights). “- Como esperado, tudo foi cancelado nesse parque também. Mas não precisamos pedir o reembolso dos ingressos do Halloween. Assunto para o próximo post!😉”

14495229_1421723907854939_5464279746816674857_n
O balãozinho azul era a gente… “- Repara no tamanho do núcleo do Mateus!!!😱”

Depois que percebemos que as consequências não seriam maiores, ficamos mais tranquilos. Nesses dois dias aproveitamos a estrutura do hotel para fazermos as refeições (pensa numa comida DI-LI-ÇA e num atendimento MA-RA, só que não!!!).

Vivemos verdadeiros momentos de tensão, de tristeza e de medo nesses dois dias. Perguntamos várias vezes no hotel se o prédio era seguro (sólido, resistente…), víamos o stress no olhar das pessoas (“- Eu não vi nada!😂”), mas, por outro lado, percebemos que os nativos estavam relativamente tranquilos, e isso nos ajudou muito, pois nos passou um sentimento de segurança.

Em razão disso, sábado, dia 8/10 foi um dia 3 em 1 em regime intensivão. Assunto do nosso próximo e último post.

Anúncios

7 comentários em “GN na Disney (Parte 3)! Depois da tempestade vem a bonança, ou seria o contrário?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s