[Pura sedução] + [Maratona 💀]: Donnie Darko, de Richard Kelly.

91f6Yq+S9yLQuéqué isso, caros NERDS? Esse blog nem completou 6 meses e já está apelando para a pornografia para se autopromover? Está copiando ex-subcelebridade agora?

Não mesmo! Isso é inadmissível! Deixemos isso para os ex-BBBs.

Explicar-lhes-ei… #micheltemei

Toda vez que o livro oferecer uma experiência tão completa, tão fascinante que supere qualquer avaliação que os tios façam – obviamente sob nosso ponto de vista pouco técnico, mas sincero -, faremos um “ensaio sensual” do livro, por se tratar de uma obra tão fascinante, tão surpreendente e tão cremosa, que só não é melhor que sexo sorvete.

Mas antes, (momento João Kleber) preciso fazer um registro. Depois de tanto tempo lendo e-books, resolvi dar umas férias para o Kindle. Estava com saudade de cheiro de papel e tinta. Como adquiri algumas caveirinhas (não temos parceria com nenhuma editora, logo as nossas resenhas são espontâneas e imparciais) em uma promoção da Amazon, resolvi fazer uma maratona Darkside (apesar de já ter lido O Demonologista há algum tempo). E veio a calhar que o primeiro livro “pura sedução” é também um livro da “maratona caveirinha”, inaugurando ambas categorias.

Estou falando de Donnie Darko, de Richard Kelly, lançado pela Editora Darkside, a caveirinha mais sexy no mundo editorial brasileiro de todos os universos. Mostraremos algumas intimidades desse livro para deixar o leitor do blog todo safadinho e ir na Amazon para adquirir essa belezinha que é pura sedução.

Sobre o autor: 

Richard Kelly é o roteirista, diretor e produtor do filme homônimo que acabou virando livro depois. Ele idealizou a história do adolescente que tem um comportamento estranho e vê um homem alto vestido de coelho, trabalhou o roteiro e conseguiu emplacar a ideia nos estúdios.

Sobre o livro:

A sinopse da editora você pode ler clicando aqui. Vale a pena!

O livro é dividido em três partes principais, precedidas pela letra da música The Killing Moon, de Echo & the Bunnymen (aperta o play no frame abaixo), que faz parte da trilha sonora do filme e dos prefácios pelo tradutor Antônio Tibau e por ❤️❤️❤️❤️❤️ Jake Gyllenhaal ❤️❤️❤️❤️❤️, que interpretou Donnie Darko no filme.

A primeira parte é uma longa entrevista com Richard Kelly concedida a Kevin Conroy Scott. Nesta entrevista ele detalha todo o desenvolvimento do filme, desde o insight até o fim do ciclo de vida do filme (quando ele vai para as locadoras), passando pela escolha da equipe, reuniões com produtoras e estúdios, financiamento, produção, pós-produção, conflitos, acordos… Ele revela também alguns aspectos de sua vida pessoal. É interessante saber um pouco de como funciona a indústria cinematográfica, principalmente sob o ponto de vista dos egos que devem ser convencidos caso um roteirista queira emplacar uma ideia.

A segunda parte é a íntegra do roteiro final do filme, que foi usado pela equipe e pelo elenco. Nesse ponto eu digo que o querido nerd leitor dessa bagaça, neste caso, tem que ver o filme ANTES de ler o livro. Tá lá no Netflix (o tio já deixou o link direto pra você não ter trabalho clicando na busca). A história é basicamente o seguinte, caso você não tenha visto o filme: um menino a princípio sonâmbulo, escapa de uma turbina de avião que despenca em cima de sua cama porque ele não estava dormindo nela, e sim num campo de golfe perto de casa. A partir daí coisas estranhas e intrigantes começam a acontecer e Donnie Darko começa a se revelar. Além disso, ele faz amizade com um ser estranho – um humano enorme vestido de coelho chamado Frank (ou seria o contrário?) – e lida com uma história misteriosa escrita pela Vovó Morte. É um enredo sensacional e impossível de ter uma única interpretação. E eu adoro histórias assim, porque eu amo polêmica.

unnamed.png

A terceira parte contém trechos do livro A Filosofia da Viagem no Tempo, escrita por Roberta Sparrow, que traz elementos que explicam parte dos mistérios do roteiro.

Porque amei o livro? Porque ler um filme de que gostei foi uma experiência sensacional. Ler o filme escutando a trilha sonora então! Putz! Fez meu coração bater forte, ainda mais por se tratar de anos 80… E ter em mãos um trabalho tão bem feito sob o ponto de vista editorial pela Darkside, é de arrebentar a carótida. Sério, valeu muito a pena! Eu achava que seria o livro que eu iria ler e dizer “fuen!”, mas fui surpreendido.

A qualidade e o capricho da Editora com certeza é um ponto alto! A capa é linda! A lombada traz uma informação importante, mas não traz o nome do livro. Além disso constam apenas a caveirinha estilizada e o nome Darkside. E o verso traz apenas uma imagem fluida em preto e branco que remete a elementos do roteiro.

Além da fitinha azul para marcar as páginas, vem junto um marcador de papel em forma de avião, com versos da música The Killing Moon na parte de trás. Enfim, um esmero sem igual, um trabalho detalhista que traz exclusividade à edição brasileira. Até mesmo o tecido que segura as costuras das folhas (deve existir um nome técnico para ele) parece ter sido parte da idéia.

A diagramação, as ilustrações, as fotografias, a folha de guarda… tudo muito lindo mesmo! E oportunizam uma experiência sensorial muito rica, complementando o que “falta” no filme! Dizer que a Darkside capricha na arte do livro é chover no molhado.

Eu me lembro apenas de ter achado um erro de digitação que passou batido na revisão ao longo de todo o livro, mas isso não prejudicou em nada essa maravilhosa experiência.

Muita gente já deve ter feito um EGO/Paparazzo desse livro por aí, mas vou fazer o meu porque eu quero!  Se joga nas fotos recomendadas para todas as idades (fiz o melhor que pude, juro).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dica do tio: veja o filme, leia o livro e veja o filme de novo.

Nota: precisa?

Adquirido em: 17/05/2016.

Lido de 30/06 a 03/07/2016.

Formato: impresso.

Plataforma: o bom e velho papel, com cheiro de tinta.

Quanto paguei: R$24,27, na Amazon.

Editora/Selo: Darkside.

Livros relacionados: Não consigo pensar em algo semelhante a Donnie Darko.

Anúncios

12 comentários em “[Pura sedução] + [Maratona 💀]: Donnie Darko, de Richard Kelly.

    1. Comprei por consumismo e resenhei por ter me apaixonado por Donni Darko, pois o livro me esclareceu muita coisa que eu não entendi no filme. O fator expectativa baixa pode ter contribuído para minha surpresa. Mesmo assim foi uma das melhores experiências de leitura, não por ser uma obra prima em termos de conteúdo, mas por ter sido uma novidade para mim. Continuo recomendando a leitura.

      Curtir

  1. E não é que eu gostei do nome da categoria? hahahaha
    Eu tbm não tenho parceria com a editora, mas os livros são tão perfeitos que dá vontade de sair comprando todos.
    Donnie Darko possui uma trilha sonora maravilhosa, e uma história complexa.. Mas, fez parte da minha adolescência e quero muitooo a edição deles.
    Adorei sua resenha e fiquei com vontade de ler logo hahah

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

    1. É o que temos para hoje! Kkkkkk! Brincadeira!
      Obrigado pela visita e seja sempre bem-vinda!
      Nossa proposta é despertar de uma maneira diferente e bem humorada a curiosidade das pessoas. Lê logo esse livro que além de lindo é muito legal!
      Amanhã tem mais uma da maratona caveirinha, sem ensaio sensual. Sabado também!

      Beaj do tio.

      Curtir

    1. Kelen, leia! Você não vai se arrepender.
      Leia os do selo Darklove, que não são de terror. Tem O Circo Mecânico Tresaulti, que a resenha está quase pronta; ou a Menina Submersa; O Último Adeus; Em algum Lugar nas Estrelas; Onde Cantam os Pássaros…
      Quanto a Hellraiser, acho que, por tudo que já li sobre o filme, o livro é menos assustador.

      Beaj do tio.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s